Buscar

São José dos Pinhais/Aiel bate o Brasília Vôlei no Distrito Federal


Foto: Guilherme Zilse


Fora de casa, o São José dos Pinhais virou para cima do Brasília Vôlei. A equipe paranaense venceu por 3 sets a 1, com parciais de 17/25, 25/20, 26/24 e 25/17 e marcou os primeiros três pontos na tabela da Superliga. A partida foi realizada no Sesi/Taguatinga, no Distrito Federal e a levantadora da equipe do Paraná, Thaynã, levou o Viva Vôlei, escolhida como melhor da partida.


As duas equipes chegaram à terceira rodada com duas derrotas nas duas primeiras. Se antes da partida, a esperança da torcida brasiliense era de uma primeira vitória do Brasília Vôlei na Superliga 2020/2021, a da torcida paranaense não era diferente.


O Brasília Vôlei venceu o primeiro set, mas tomou a virada das visitantes nos três sets seguintes. Terceira rodada, terceira partida e nem um pontinho marcado na tabela de classificação para a equipe do Distrito Federal. Do outro lado, alegria geral em uma vitória importantíssima para as pretensões da equipe paranaense comandada por Duda Nunes. O São José dos Pinhais saiu do DF com os primeiros três pontos na tabela.


No aquecimento, a imprensa já sentiu falta de peças importantes na equipe do Brasília Vôlei. Não estavam em quadra o técnico Rogério Portela, o assistente técnico Aguinaldo Santos, as duas experientes centrais Edna e Aline. Os quatro testaram positivo para covid-19. Além desses, um outro desfalque importante. A ponteira Ingrid sentiu o joelho na partida contra o Praia e segue em tratamento e também não foi para o jogo. A expectativa mudou bastante com os desfalques.

Com a transmissão do Canal Vôlei Brasil e por causa do protocolo da época de pandemia, jornalistas ficam só de um lado da arquibancada e não podem ter contato com atletas e comissões técnicas.


Ao final do jogo, conversamos com o técnico do São José dos Pinhais/Aiel, Duda Nunes e ele falou sobre a partida e sobre o momento pelo qual o vôlei e o mundo estão passando.


A equipe candanga mostrou dificuldades nas duas primeiras partidas contra times considerados mais fortes e, com desfalques importantes, acentuaram-se as dificuldades no passe e ainda no insuficiente poder de reação na hora de colocar a bola no chão para matar pontos importantes. A derrota na terceira rodada para um adversário direto e em casa deixa o Brasília mal posicionado na tabela e obriga a reagir na próxima rodada, contra o São Caetano que deve vir com uma equipe bem jovem e sem patrocínio, bem frágil e que não passou dos 10 pontos jogando contra o Praia em São Caetano nesta terceira rodada.


Brasília Vôlei 1 x 3 São José dos Pinhais/Aiel

25/17, 20/25, 24/26, 17/25


Brasília Vôlei

Ju Carrijo/Ariane, Vivi Góes/Geovana no meio, Neneca/Isa Paquiardi nas pontas. Líbero: Vitória. Entraram: Vivian, Sara Dias, Silvana, Paula Mohr e Letícia Linhares. Técnico: Fernando Alves.

São José dos Pinhais


Thaynã/Bia, Larissa/ Dani Suco no meio. Carla/Talia nas pontas. Líberos: Ray e Julia. Entraram: Istefani, Letícia Bonardi, Natália Danielski e Letícia Scherer. Técnico: Duda Nunes.


O jogo


Primeiro Set


O time comandado por Fernando Alves, vence o primeiro set com certa tranquilidade. A equipe anfitriã começa mal, sai perdendo, mas empata em 5/5 e faz 8/7. Faz 14/11 e obriga o técnico paranaense a pedir o primeiro tempo da partida. Em 19/13, o segundo tempo das visitantes. O São José inverte o 5-1 após o 20/13. Letícia Linhares entra para sacar no Brasília em 23/16. O final do set se confirma com 25/17.


Segundo Set


No segundo set, o Brasília começa perdendo novamente, mas reage rápido e chega à frente na primeira parcial, 8/6, em um ataque de Neneca pela saída. O São José coloca Natália no lugar de Carla, na ponta, e Letícia Bonardi no lugar de Bia, de oposta. Em outro ataque de Neneca, as anfitriãs fazem 16/13. Após ace de Larissa, o Brasília pede tempo. O jogo está 16/14. Larissa cria raízes no saque e o time paranaense faz 16/17. Fernando Alves perde tempo. Na volta, empate em 17. Erro de saque de Neneca e São José está na frente de novo, 17/18. O jogo é pegado e está ponto a ponto. Belo levantamento da líbero paranaense, Ray, e Natália faz 20/22. São José na frente. Letícia Scherer entra no lugar de Dani Suco no São José. No Brasília, Vivian entra no jogo. Letícia Scherer saca uma vez. Erro de defesa do Brasília, 20/23. Mais um saque de Scherer e contra-ataque, 20/24. Scherer acerta um ace e fecha o segundo set com vitória para as visitantes. Final 20/25 e empate 1 a 1 em sets.


Terceiro Set


No terceiro set, a ponta Talia começa marcando para as paranaenses, 0/1. Mais um ponto para as paranaenses, 0/2. A arbitragem confirma o ponto para as visitantes após o aceno do juiz de linha que trabalha na quadra do São José dos Pinhais e acusa a passagem da bola por fora da antena. O técnico brasiliense perde o controle, reclama veementemente, repreende o juiz de linha que marcou a infração. O primeiro árbitro Clodomiro Leite confirma o ponto para as visitantes, dá cartão vermelho para Fernando Alves e é mais um ponto para o São José, 0/3. A equipe da casa se perde em quadra e as comandadas por Duda Nunes chegam a 1/6. O Brasília pede tempo após o 1/6. Na volta, o São José segue pontuando, faz 1/8, 1/9. O Brasília ensaia uma reação. Geovana vai sacar e acerta um ace levando o placar a 4/9. Duda Nunes pede tempo. O Brasília inverte o 5-1 após 5/10 e desfaz em 8/13. Larissa faz mais um ace na partida e o placar chega a 8/14. Mais um tempo para Brasília. Ataque do São José, 12/16. Jogo fica ponto a ponto e, num ace de Ariane, o Brasília encosta, 20/21. Paula Mohr em quadra. Ela empata o jogo num bloqueio. Ponto a ponto e empate em 21. O Brasília vira em um erro de ataque das paranaenses. O São José empate. O jogo é pegadaço. Natália entra, para sacar, no lugar de Carla. Larissa coloca o São José na frente, 22/23. Paula Mohr ataca. É novo empate, 23/23. Talia voa para mais um ponto paranaense, 23/24. É set point para o São José. Neneca ataca e salva o set point, 24/24. Como deve estar o torcedor em casa? Saque de Vivi Góes, contra-ataque para Ariane... Ela erra o ataque e é mais um set point para as visitantes, 24/25. Elas podem virar o jogo. Mas o side out está para o Brasília. Thaynã saca, o Brasília recebe, Neneca ataca e erra. Final de set, 24/26, vitória do São José do Pinhais e já um ponto no bolso. Final de terceiro set, 24/26 e São José vira a partida. Agora, Brasília 1 x 2 São José em sets.


Quarto Set


No quarto set, mais um começo melhor das visitantes. A líbero Vitória não alcança uma largada e o São José faz 4/8. Segue o jogo e, em mais um bloqueio, o São José faz 11/16. A ponteira Talia, que atacou forte o tempo todo, especialmente pela entrada, faz 15/21. O time paranaense, que gostou do jogo desde o segundo set, fecha o quarto em 17/25 e sacramenta a vitória num ataque de Letícia Bonardi. Virada paranaense em Brasília.

Final de jogo. Brasília Vôlei 1 x 3 São José dos Pinhais e as paranaenses saem do Planalto com os primeiros três pontos na tabela de classificação. O Brasília Vôlei permanece zerado.

O Brasília volta a jogar contra o São Caetano, 21/11, próximo sábado, às 17h, também no Sesi/Taguatinga, com transmissão do Canal Vôlei Brasil.


Outros resultados da 3ª rodada


Terceira rodada do turno


Fluminense (RJ) 1 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP) - 16/25, 25/17, 21/25 e 16/25


Curitiba Vôlei (PR) 1 x 3 Itambé/Minas (MG) - 25/22, 15/25, 14/25 e 21/25


São Caetano (SP) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG) – 09/25, 10/25 e 10/25


São Paulo/Barueri (SP) 0 x 3 Osasco São Cristóvão Saúde (SP) - 22/25, 20/25 e 21/25)


Pinheiros (SP) 0 x 3 Sesc RJ Flamengo (RJ) - 10/25, 14/25 e 25/27


Luciano Villalba Neto - Jornalista



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo